terça-feira, 8 de janeiro de 2008

ROCKY BALBOA - É sempre engraçado quando vemos um ator de um personagem só, ou um ator de um filme só. É fácil criticá-lo, achar defeitos e se perguntar "mas se ele era tão bom porque não fez outras coisas marcantes ao invés de apostar só no mesmo?!" Pois bem, o Sly criou um símbolos dos anos 70 (Rocky) e outro dos anos 80 (Rambo)... e os dois vão renascer!
O primeiro a chegar foi Balboa neste Rocky Balboa (não dava para Rocky V ser a despedida de Rocky, não é mesmo?! Este é o pior filme da sextologia, segundo o próprio Sly.) Na trama, ele tenta se reaproximar do filho após a morte da sua eterna Adrian, ao mesmo tempo que decide encarar o campeão mundial de pesos pesados Mason Dixon (que é boxeador de verdade!!), como forma de reviver seus gloriosos anos.
A famosa luta final foi marcante por apostar desta vez em uma linguagem televisiva fazendo crível que o espectador acompanhe um embate real entre os lutadores. Já os outros filmes usavam a famosa câmera no ringue, aproximando-nos da luta, mas sem o mesmo efeito nos dias de hoje. Aliás, a cena foi rodada antes de uma importante luta. o ginásio estava lotado e quando Rocky entrou todos gritaram seu nome impressionante...
Fico feliz por Sly ter feito um filme assim, fico feliz por Rocky ter se despedido do cinema assim...

2 comentários:

KAZINHA LACERDA disse...

definitivamnete... não faz meu gênero...
vc precisa atualizar isso aqui, sabia?

Liz / Falando de tudo! disse...

Bonjour,
encontrei seu blog através um dos outros que sempre visito (não me pergunte qual),gostei, mas pode ser que nossos blogs nao se identifiquem, neste caso melhor pensar "as diferenças se completam". De qualquer forma resolvi te deixar um convite: terei muita honra em receber você!!