segunda-feira, 31 de março de 2008

MATADORES DE VELHINHA - Já tinha até assistido alguns filmes dos irmãos Coen, mas este aqui confesso que assistí meio a contragosto, já que não é tão recente assim (2004), já passou na telinha e sei lá, não me chamou muito a atenção. Esta refilmagem de O Quinteto da Morte, de 1955, trata de um farsante experiente (Tom Hanks) que junta uma trupe (entre eles J.K. Simmons que pode ser visto atualmente como pai da Juno, no filme com o mesmo nome) e se instala no porão da casa de uma senhora de idade solitária a pretexto de ensaiar a banda (de igreja), mas na verdade o plano é abrir um buraco da casa dela que conduz a um cofre entupido de grana.
Pois bem, o humor negro domina todas as situações desde a morte dos integrantes até a postura da velhinha. As cores utilizadas e os cenários remetem àquelas histórias fantasiosas de décadas passadas que ao mesmo tempo possuem ingenuidade e algo de temeroso, sabe?
Este é o grande trunfo do filme, além de Tom Hanks que está ótimo com dentadura e um sotaque arrastado. Um filme divertido, mas só.

Um comentário:

KAZINHA LACERDA disse...

ah, eu achei bem mais ou menos esse filme...