terça-feira, 27 de março de 2007


O CHEIRO DO RALO - "um humor negro e quase, escatológico!" é o que diz o UOL do filme!Maravilhoso segundo filme de Heitor Dhalia.Na minha opinião, o primeiro "NINA", já foi muito acima da média do recente cinema nacional e esse segundo elevou ele a um mais alto degrau ainda.O filme é engraçado, divertido e levemente deprimente, principalmente pelo amabiente da personagem de Lourenço, o meio em que vive, onde trabalha e as demais personagens que fazem parte de seu mundo.Se parar para analisar no que o roteiro se baseia pode-se pensar ser tedioso, mas a riqueza de cada personagem e o brilho do próprio personagem de Selton alavancam o filme de uma forma, que não se entende, ao menos que se tenha visto...As "costas" das fábricas nas ruas da Móoca deixem o clima ainda mais solitário, largado, triste. Assim como em Nina, o Heitor aposta em uma personagem triste, solitária, e comum de uma São Paulo que dificilmente é retratada. Isso é uma das coisas que mais gosto no filme... A trilha é do cantor Apollo Nove, que prometi para mim mesmo conhecer um pouco melhor, ela tem um destaque enorme no filme...
JÁ TEREI QUE RESERVAR ESPAÇO PARA MAIS ESTE DVD NA DVDTECA LÁ DE CASA..

Um comentário:

KAZINHA LACERDA disse...

eu acho q apollo nove é uma bdanda, bb