sábado, 9 de fevereiro de 2008

A LUTA PELA ESPERANÇA - Um ombro deslocado, várias contusões pelo corpo e um dente quebrado. É isso que dá quando ator se mete a interpretar um lutador de boxe... Ron Howard se viu obrigado a atrasar a produção de A Luta Pela Esperança em quase 2 meses para que Russel Crowe pudesse se recuperar.
Ele interpreta a história real de Jim Braddock, Crowe, um lutador de boxe que ao perder tudo na depressão americana no final da década de 20, se vê obrigado a fazer bicos para sustentar a esposa, Renée Zellweger, e seus filhos. Seu treinador, Paul Giamatti (sempre genial!), acredita no lutador até o fim, mesmo porque é nele que estão todas as suas fichas para se salvar também.
Todo o filme parece receber um tratamento de cor que o deixa pálido, cinza, cores em tons pastéis, como lembrando aquelas fotos PBs que recebiam tinta à mão.
Só de retratar uma história real já me chama a atenção, mas o que mais impressiona é que o filme acaba com a grande luta final contra Max Baer em 1934 ou 1935, ou a reprodução dela. E nos extras eles disponibilizam a luta real! É incrível...
Pena que não arrecadou ou sequer recbeu reconhecimento que deveria quando foi lançado...

Um comentário:

KAZINHA LACERDA disse...

será q o mala do Will Smith tb se machucou qdo fez Ali?