quinta-feira, 17 de abril de 2008

ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ - O Oscar é uma premiação questionável, muito política e tendenciosa, isso ninguém nega, não é mesmo? E dificilmente a gente pode dizerque tal filme mereceu o Oscar porque para garantir isso a gente teria que ter assistiso a TODOS os concorrentes, não é mesmo?! Então, o máximo que sobra a nós é dizer que se concordarmos com a escolha, na medida em que achamos que tal ator foi bem, tal filme é bom e etc. Bem, esta volta toda serviu para eu dizer que concordei com a escolha deste filme dos Irmãos Coen na escolha da premiação.. ufa! Ele choca, provoca, contesta e nos deixa indignados. E o mais bacana é quando o filme faz isso cercado apenas de bom roteiro e grandes interpretações, como é o caso. Ou você acha que Josh Brolin não está perfeito como um pilantra sem medidas no meio do Texas? Ou mesmo não acha que Javier Bardem está fantástico como assassino sem motivo? Ou Tommy Lee com seu xerife cansado?

Grande filme, muito bem feito. Ok, tem um CGI dos veados no começo muito mal feito, os bichinho correndo não enganam ninguém, ainda mais hoje em dia com estes games que são mais reais que a realidade (gostaram?).

Fora isso é uma bela obra, com seus silêncios muito bem respeitados e um elenco que eleva o filme à um degrau muito alto. E termina da forma perfeita, para todos os personagens principais... cabe a nós juntar as peças...

Um comentário:

KAZINHA LACERDA disse...

o Josh Brolin é super cool!!!!