quinta-feira, 1 de novembro de 2007

O ANO EM QUE MEUS PAIS SAÍRAM DE FÉRIAS - Que beleza, que beleza... vi na Mostra de Cinema Brasileiro de SBC e mesmo o burburinho incessante não foi capaz de atrapalhar a obra. O menino fica na casa do avô quando os pais "saem de férias" (vão pro clandestino) e desenvolve uma relação de amor e ódio no meio da Copa do Mundo de 1970. Em momentos essa relação com o "vovô" lembra Cinema Paradiso quando o "novo" rejeita e depois acaba aceitando o "velho".
O mais interessante aqui é reparar como Cao Hamburguer está se saindo um diretor preocupado com os detalhes, os pequenos movimentos, as influências que as pequenas coisas têm na nossa vida. Esta preocupação reflete na tela, e nos tristes olhos do protagonista. A retratação do período de Copa dá um tom leve à obra. Todos os ingredientes juntos num caldeirão que gera este suco delicioso da cinematografia nacional. Não deixe de assistir!

2 comentários:

KAZINHA LACERDA disse...

eu gostei do filme, mas pra mim é tipo uma sessão da tarde brazuca bem feita. nada demais...

Fabio Calamari Miranda disse...

é o típico filme de Oscar, né!!
mas como não tem americanos-que-salvam-o-dia-no-final, acho que não rola prêmio desta vez também...
mas gostei muito... dá vonta de comprar..